MOIST TAPES // Tomas Hermes

 
 

Mesmo ficando cinco meses afastado do surf no ano passado, o catarinense Tomas Hermes conseguiu se classificar para o CT. Como que ele fez essa façanha, você se pergunta? A questão é psicológica -- o tempo afastado lhe permitiu uma evolução pessoal, como indivíduo. Ele parou de pensar em passar baterias, e passou a corrê-las sem pressão de resultados. E, dessa forma, eles vieram. Sim, é estranho de se pensar. Mas é compreensível. E como se não bastasse, Tomas já chegou à semifinal no Quik Pro Gold Coast. Essa coisa de maturidade vai longe...

Conheça um pouco mais sobre Tomas, sua trajetória e expectativas nesse episódio do Moist Tapes.