YouTube Sessions // Ondas quase mecânicas

A discussão do momento é uma e única - piscinas de onda. Ou como as ondas artificiais vão acabar com o surf, criar um esporte diferente, virar coisa de Olimpíada, o que for. Mas a onda dos sonhos de todo surfista continua quebrando em água salgada. Neste YouTube Sessions, separamos vídeos de cinco ondas que superam qualquer “parque de ondas” que o Slater possa construir.

Capa02.jpg

 

Rumo ao desconhecido

A esperança de encontrar um line-up vazio com ondas perfeitas é a essência do que move qualquer surfista. Em Ain’t No Wave Pool, Mick Fanning viaja para um local desconhecido e surfa The Snake, uma direita longa e tubular que corre por quilômetros, sem ninguém por perto. Ao menos é isso que diz a lenda. A Rip Curl não divulgou o local do vídeo e os ratos da internet não demoraram a procurar onde fica essa direita de sonho. Os servidores do Google Earth devem ter explodido nas semanas seguintes à publicação do vídeo - até agora, porém, ninguém descobriu oficialmente onde fica The Snake.

 

O Tesouro do deserto

O tesouro do deserto fica na Namíbia e é protegido por um drop responsa e um tubo quadrado. Se não fosse a água congelante e infestada de tubarões brancos, Skeleton Bay poderia ser a onda mais desejada do mundo. A fama da esquerda de fundo de areia aumenta rapidamente e transita entre a admiração e o medo por aqueles que ousam fazer a longa jornada.

 

A Meca do surf australiano

A famosa direita de Snapper Rocks, na Gold Coast, lapidou o surf de alguns dos grandes nomes do surf australiano - de Peter Townend a Joel Parkinson. A bancada é rasa e extensa, proporcionando tubos secos e sessões intermináveis,. Em dias épicos, o palco da primeira etapa do WT chega a conectar quatro picos - Snapper, Rainbow Bay, Greenmount e Kirra - formando o Superbank. Possivelmente o maior patrimônio do surf australiano, a onda é uma combinação de intervenções humanas e alguns fatores naturais que possibilitaram o nascimento dessa perfeição híbrida.

 

Perfeição da perfeição

Na metade da década de 80, o australiano Jim Banks armou uma barca rumo ao desconhecido, saindo de Bali em direção a Ilha de Lombok. Lá, encontrou a pérola de Desert Point - uma bancada de coral rasa e afiada perfeitamente posicionada para sustentar um dos melhores e mais longos tubos pra esquerda do mundo. A Indonésia em si já é conhecida por sua perfeição, mas Desert é a perfeição dentro da Indo. 

 

Costa mecânica

Salina Cruz, México, é conhecida por seus extensos pointbreaks de direita com fundo de areia. A região não era muito explorada e nem conhecida até que a etapa The Search, do antigo Circuito Mundial da ASP, foi realizada em Barra de La Cruz, em 2006, um pouco mais ao norte. O evento marcou o início a exploração das riquezas escondidas naquele trecho do litoral mexicano e, alguns anos depois, o filme Rumors, de Mark Kronemeyer, confirmou o potencial da região para o público geral.