Atrás das grades na Indonésia

 Jordan em Rifles, Mentawai

Jordan em Rifles, Mentawai

O americano Jordan Heuer é uma figura conhecida nas Mentawai. Dono do surfcamp mais luxuoso do arquipélago, o Kandui Villas, o americano bate cartão em Rifles e Kandui sempre que o mar está grande e cascudo.

 Heuer com as filhas

Heuer com as filhas

Sua história com a Indonésia é antiga: ele vive lá há décadas, já foi casado com uma indonesiana e já foi dono de alguns charter boats – antes de criar um dos primeiros surfcamps na região de Playgrounds (norte das Mentawai).

Jordan surfa muito. E por ser um dos pioneiros da área, sempre portou-se no mar como se fosse local. Não foram poucas as vezes que ele deu esporro em rabeões ou pregos sem-noção – isso quando não os expulsou do mar. Alguns diziam que ele botava ordem em um lineup que precisava ser regulado; outros condenavam suas atitudes agressivas.

Há pouco mais de dois anos, um surfista francês rabeou Jordan num dia épico em Rifles e isso desencadeou uma discussão. As versões conflitantes dizem que Jordan foi atacado antes de revidar - enquanto o rabeador disse que tomou três mucas na cara sem ter encostado no americano. Com a face roxa e inchada, o surfista francês deu queixa na polícia de Padang, cidade portuária de onde partem todos os vôos e barcos para as Mentawai.

 O resort Kandui Villas, do qual Jordan é proprietário

O resort Kandui Villas, do qual Jordan é proprietário

Poucos dias atrás, a polícia convocou Heuer para dar um depoimento. Quando ele chegou à delegacia, foi prontamente trancafiado – e até agora permanece atrás das grades. Sua família afirma que as acusações são desproporcionais ao incidente e pede doações para ajudar nos custos legais do processo.

A Indonésia é uma nação de leis e sentenças notoriamente severas. Dependendo da acusação – que até agora não foi oficialmente divulgada – Jordan pode ficar vários anos atrás das grades. Numa prisão no cafundó da Sumatra, ainda por cima.

Torcemos para que Jordan Heuer não seja punido além da conta – afinal, uma troca de sopapos não deveria custar anos de liberdade para ninguém.

Mas seu caso vale de exemplo: se você é truculento e agressivo no mar, uma hora a conta chega.

 Mais uma em Rifles

Mais uma em Rifles