MARCO GIORGI // RDS Pro Junior

 
 Ricardo dos Santos. Foto Mark Daniel

Ricardo dos Santos. Foto Mark Daniel

Hoje tive aquela sensação atípica de ter certeza que eu estava no lugar certo, na hora certa. Rodeado de amigos e família, hoje rolou o Pro Junior na Guarda do Embaú em homenagem ao nosso Ricardinho.

Entre abraços e risadas, relembramos boas memórias vividas com o “galo” - ou mais conhecido na Guarda como “Kako”.

O Pro Junior RDS foi um campeonato organizado pela equipe do mestre Grilo – o Leandro Dora –, não apenas para reunir a família que Ricardo criou em sua vida, mas também para classificar quatro surfistas abaixo dos 18 para o mundial na Austrália, no começo do ano que vem.

O que na verdade mostra a ridiculez das marcas brasileiras e da WSL em não apoiar em nada o futuro do nosso surf. Pois para quem não sabe, na verdade foram Mineiro, Yago Dora e Lucas Silveira que bancaram esse campeonato. Ou seja, se não fosse por eles, a WSL South America teria mandando à Austrália os primeiros quatro do ranking do ano passado - ridículo! Ah detalhe: fazer um evento não é barato, tá?

 O campeão, Mateus Herdy. Foto William Zimmerman

O campeão, Mateus Herdy. Foto William Zimmerman

Mas enfim, quem gosta do surf aposta no surf. E o que importa é que o campeonato aconteceu e o anjo da Guarda do Embaú mandou ondas e sol e foi show de surf, com vitoria de Mateus Herdy - que por sinal me escovou no Prime em Portugal. Também teve quebraceira de nomes como João Chianca (que está sem patrô), Samuel Pupo e outros moleques que quebravam e que eu não sei o nome de nenhum. Mas quebravam!

 A campeã, a peruana Sol Aguirre. Foto William Zimmerman

A campeã, a peruana Sol Aguirre. Foto William Zimmerman

E pra confraternizar ainda mais a turma, o pessoal do evento organizou uma batera demonstração dos amigos do Ricardo, entre locais da Guarda e amigos do mundo todo formando duas equipes: “amigos do Yago” e “ amigos do Lucas” - uma espécie de tag team, cada um tinha 5 minutos pra pegar duas ondas e no final da bateria o Lucas e o Yago tinham 10 minutos para pegar duas também. Obviamente, com um time de pesos pesados, levamos o titulo! Eu estava na equipe do Lucas, que era formada pelo Grilo, Vini (primo do Ricardo), Lucas Vicente, Willian Cardoso, Lucas Silveira e eu  - e pelo outro lado eram Juninho Maciel, Ícaro Ronchi, Naza, Jean da Silva, Yuri Gonçalves e o Yago. Power surf ganhou!!!

Foi irado. Confesso que quando saí da água e vi aquela galera toda unida, tive que conter minhas lágrimas. Pra falar a verdade, de vez em quando lembro do acontecido e me dá vontade de chorar - mas já chorei tanto por isso, que um dia simplesmente prometi que não iria mais sofrer pela perda do meu amigo e sim iria comemorar a vida dele, com essa intensidade e energia que ele tinha. Mais uma vez obrigado bro! Hoje foi abençoado!

 O sorriso inconfundível do Anjo da Guarda. Foto Mark Daniel

O sorriso inconfundível do Anjo da Guarda. Foto Mark Daniel